Arquivo da categoria: Agenda da comunicação

Semana será movimentada na Câmara

Na próxima semana acontecerá duas atividades importantes na Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados. Na terça, 23/8, o Ministro das Comunicações Paulo Bernardo participará de uma audiência pública sobre “Rádio Digital”. Já na quarta, 24/8, ocorrerá um grande seminário para discutir “Segurança digital e cidadania”.

A sociedade civil vem se mobilizando contra a aprovação do PL 84/99, também conhecido como AI-5 Digital. Para as entidades é fundamental regulamentar os direitos civis na internet antes de criminalizar práticas no mundo virtual. O seminário irá discutir as diversas visões sobre a necessidade da lei e a necessidade do marco civil da internet. Confira a programação.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda da comunicação

Pesquisa mostra que MST é abordado de forma pejorativa pela mídia

Uso de termos negativos, pouca relevância dada às bandeiras do Movimento e exclusão do MST como fonte. O que já era percebido pelos movimentos sociais agora foi comprovado em pesquisa que analisou cerca de 300 matérias sobre o MST em TV, jornal impresso e revistas. O resultado desse trabalho será lançado nessa quarta-feira, dia 24, às 19h, na Tenda Cultural do Acampamento Nacional da Via Campesina (Estacionamento do Ginásio Nilson Nelson), em Brasília.

O relatório, intitulado “Vozes Silenciadas”, analisou as matérias que citaram o MST em três jornais de circulação nacional (Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo); três revistas também de circulação nacional (Veja, Época e Carta Capital); e os dois telejornais de maior audiência no Brasil: Jornal Nacional, da Rede Globo, e Jornal da Record. O período pesquisado foi de 10 de fevereiro a 17 de julho, duração das investigações de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) sobre o MST.

O lançamento contará com a presença de Mônica Morão,  professora da UFC e responsável pela pesquisa, de Leandro Fortes, jornalista da revista Carta Capital, e da Coordenação do MST. O relatório foi realizado pelo Intervozes  – Coletivo Brasil de Comunicação Social com o apoio da Fundação Friedrich Ebert e da Federação do Trabalhadores em Radiodifusão e Televisão (FITERT).

SERVIÇO

Lançamento do relatório “Vozes Silenciadas – A cobertura da mídia sobre o MST durante a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito”

Data: 24/08/2011

Horário: 19h

Local: Tenda Cultural do Acampamento Nacional da Via Campesina (Estacionamento do Ginásio Nilson Nelson) – Brasília/DF.

Mais informações: Gésio Passos – 61 3341-3637 – comunicacao@intervozes.org.br

 

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda da comunicação

Os primeiros 45 dias da Audiodescrição

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda da comunicação

Seminário sobre Audiodescrição

A Deputada Federal Luíza Erundina, Presidenta da Frente Parlamentar pela Liberdade de Expressão e o Direito à Comunicação com Participação Popular (Frentecom); o Senador Lindbergh Farias, Presidente da Subcomissão Permanente dos Interesses Sociais da Pessoa com Deficiência (Casdef), e a Deputada Federal Rosinha da Adefal, Presidenta da FrenteParlamentar do Congresso Nacional em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência (FrentePcD), convidam para o Seminário “Avaliação dos primeiros 45 dias de Áudiodescrição nas televisões brasileiras (pela garantia do direito à comunicação e à informação, da pessoa com deficiência)”, a ser realizado no dia 18 de agosto de 2011, das 14h às 18h, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília – DF.
O seminário contará com este recurso em acessibilidade ( áudiodescrição) durante toda sua realização, além de intérpretes de Libras e legenda em tempo real.
PROGRAMAÇÃO

.14h – Abertura

Mesa de abertura:
1. Senador Lindbergh Farias, Presidente da Casdef;

2. Deputada Luíza Erundina, Presidenta da FrenteCom;

3. Deputada Rosinha da Adefal, Presidenta da FrentePcD;

4. Presidente do Conade e Organização Nacional dos Cegos do Brasil (ONCB), Moisés Bauer;

5. Secretário Nacional de Promoção dos Direitos da PcD, Antônio José do Nascimento Ferreira;

6. Representante do Programa de Acessibilidade da Câmara dos Deputados
7. Representante do Programa Senado Acessível;

8. Representante da TV Câmara;

9. Representante da TV Senado.

 

14h45min– apresentação de Painel – avaliação e reflexões da sociedade civil – Rosângela Gera (SP), mãe de Laura Gera, usuária de serviço de audiodescrição e representante de grupo de pais de crianças com deficiência visual

 

15h – 1ª Mesa: História da audio-descrição no Brasil e no mundo. Como funciona o serviço de audiodescrição. Qual a sua previsão legal, constitucional e na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Moderador da Mesa:

Senador Lindbergh Farias

Palestrantes:

Paulo Romeu (SP)

Graciela Pozzobon (RJ)
Debatedor:
Moisés Bauer (RS)

15h50min – 2ª Mesa: a profissão de audiodescritor: quem são e onde estão os audiodescritores. Requisitos para a profissão. Necessidade de regulamentação e de certificação.

Moderadora da Mesa:

Deputada Luíza Erundina

Palestrantes:

Francisco Lima(PE)
Letícia Schwartz (RS)
Debatedora:

Loni Elisete Manica (DF) – Representante do Programa Senai de Ações Inclusivas

16h40min – 3ª Mesa: os primeiros 45 dias de audiodescrição nas televisões brasileiras – dificuldades para a implementação, caminhos e perspectivas.

Moderadora da Mesa:

Deputada Rosinha da Adefal

Palestrantes:

Representante do Ministério das Comunicações
Representante da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert)

Debatedor:

Representante do Ministério Público Federal que atua na ADPF 160/2008

 

17h30min – perguntas e pronunciamentos da plenária

18h – encerramento.

Tendo como tema central o direito à informação e à comunicação, o seminário abordará questões de interesse das pessoas com deficiência e dos profissionais que hoje se dedicam à realização e a formação dos profissionais audiodescritores.

No Brasil, segundo o IBGE, há cerca de 16,5 milhões de pessoas com deficiência visual total ou parcial. E TODOS tem direito à comunicação e à informação, nos termos postos na Constituição da República Federativa do Brasil e na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Em discussão, no evento, temas como o cumprimento da Portaria n. 188, do Ministério das Comunicações; a Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental n.º160/2008(ação que tramita perante o Supremo Tribunal Federal e que busca o cumprimento deste recurso nas televisões brasileiras) e as perspectivas para o profissional audiodescritor.

Fonte: Assessoria do Gabinete daDeputada Rosinha da Adefal.

Deixe um comentário

Arquivado em Agenda da comunicação